desbravar   
      

acordar
costeando a praia

sentir o brumado leve
escondendo montanhas

querer desembarcar e plantar ali:

uma semente
uma paixão

levantar os braços
agradecer

bater a palma uma vez só
e rir

todas essas expressões de gozo

sua carne quente
fecundar

sua pele branca
deslizar

querer desembarcar e descobrir ali:

uma vertente
uma razão [ qualquer ]

alguma coisa em seu sorriso
para quem precisa outro amor

SP 30/01/02
Jean Boëchat


| anterior | Índice | próxima |


©Mariana Newlands e Jean Boëchat [ Todos os direitos reservados ]