instantâneos   
      

há um cansaço.
uma coisa assim, meio fraca, sim.
há um descanso.
um coisa assim, meio franca, sim.

um poema, melodia e fotograma preto-branco.

há um igrejinha lá no alto
crianças brincando na grama
pipoca e felicidades

há um descaso.
uma coisa assim, meio fria, sim.

há um remanso.
uma coisa assim, meio assim:
como brisa na tarde e duas mãos diferentes.

arte de encontro.

SP 24/06/02
Jean Boëchat


| anterior | Índice | próxima |


©Mariana Newlands e Jean Boëchat [ Todos os direitos reservados ]