era menino, era menina   
      

era um quarto escuro
era uma terça-feira
era menino
era menina

fazendo tudo errado

era um dia estranho
era um desespero [ e todas as canções desesperadas ]
era menino
era menina

fazendo tudo errado

era um medo enorme
era um descontrole
era menino
era menina

fazendo tudo errado

era um por tudo a perder
era um desvario [ e todos os poemas de amor ]
era menino
era menina

fazendo tudo errado

é um pedido de desculpas
não é um arrependimento
só era menino
era menina

fazendo tudo errado

é um tempo que tem que deixar correr
é uma obrigação de não fugir
era menino
era menina

fazendo tudo errado

é a mão que está ali
pedindo um abraço
é o menino

é a mão que está ali
pedindo um afago
é a menina

sem querer resolver tudo ao mesmo tempo

era menino menina
para ser homem e mulher
os dois

querem um abraço e um silêncio

SP 21/11/01
Jean Boëchat


| anterior | Índice | próxima |


©Mariana Newlands e Jean Boëchat [ Todos os direitos reservados ]