um amor como o teu um amor  
      

não há para cantar
não há para dizer
não há para entoar
nem rimas fracas para perder

um amor como o teu um amor como o teu um amor como o teu


não há para tocar
não há para deter
não há para afastar
nem rimas fracas para perder

um amor como o teu um amor como o teu um amor como o teu




SP 20/12/06
Jean Boëchat


| anterior | Índice | próxima |


©Mariana Newlands e Jean Boëchat [ Todos os direitos reservados ]