é o dia, é a semana, é a merda.   
      


o ar daqui é esquisito
a cabeça vazia, o coração cheio
é o dia, é a semana, é a merda.

vai passar

*

a tortura.
a espera.

*

não somos nós. somos.

*

é a pena. A culpa.
são as cordas da viola.

*

o gosto daqui é espesso
a ansiedade guarda e o sol espia.
é o dia, é a semana, é a merda.

está passando.

*

a mágoa.
a trégua.

*

não fomos nós, fomos?

*

a vida aqui é estranha
os sentimentos voam e o correio envia.
é o dia, é a semana, é a merda.

passou.

SP 20/02/01
Jean Boëchat




| anterior | Índice | próxima |


©Mariana Newlands e Jean Boëchat [ Todos os direitos reservados ]