oração   
      

teve um dia em que as flores não foram o bastante
teve um dia em que as orações não alcançaram

um dia de ver meninos com pedras na mão,
prontas para machucar

bem longe de casa,
era bem longe de casa

teve um dia em que as velas não foram suficientes
teve um dia em que os pedidos se sentiram calados

um dia de ver homens com armas na mão,
prontas para massacrar

bem longe de casa,
alguém poderia dizer:
"- ainda bem"
era bem longe de casa

teve um dia em que as mães não foram ouvidas
teve um dia em que seu choro se perdeu na rua

um dia de ver as decisões difíceis na mão,
daqueles prontos para errar

bem longe de casa, sim
mas perto demais do meu coração

por isso, hoje eu olho pro céu,
olho pro lado, olho as pessoas,
olho para mim mesmo e peço: paz.

mesmo que seja só isso que eu possa fazer.

SP 17/09/01
Jean Boëchat


| anterior | Índice | próxima |


©Mariana Newlands e Jean Boëchat [ Todos os direitos reservados ]