Cinema 01   
      


Amo estórias que mudam histórias.
Aquelas que transformam o tempo.
Transformam as pessoas, me arrancam lágrimas.

Me abraçam lágrimas.

Estórias que amam histórias.
Amam o tempo. Amam pessoas.

Histórias que andam em estórias.
A linguagem mais simples. Desenhos na pedra.
Amores. De relógios e distâncias.

Até nas cidades de poeira.

Amo pessoas que vivem histórias. E estórias que vivem em pessoas.

SP 09/03/00
Jean Boëchat




| anterior | Índice | próxima |


©Mariana Newlands e Jean Boëchat [ Todos os direitos reservados ]