perto / sempre   
      

Perto da dança
Perto da casa
Sempre criança

Ela vai
Ela vem
Ela volta
Entorta, tem

Perto de tudo
Perto da casa
Sempre mudo

Ela vai
Ela vem
Ela volta
Entorta, tem

Perto do seio
Perto da casa
Sempre meio

Ela vai
Ela vem
Ela volta
Entorta, tem

Perto da sorte
Perto da casa
Sempre morte

Ela vai
Ela vem
Ela volta
Entorta, tem

Perto do nada
Perto da casa
Sempre amada

Ela vai
Ela vem
Ela volta
Entorta também

SP 08/09/02
Jean Boëchat


| anterior | Índice | próxima |


©Mariana Newlands e Jean Boëchat [ Todos os direitos reservados ]