danças   
      

girar   *   girar   *   girar

helicóptero
bailarina
catavento

levantar e gritar para os moinhos:

"- não há mais medo, não há mais medo!"

em transe sagrado

de música
de amor
de nuvens

a cada pulso, a cada nota.

flutuar   *   flutuar   *   flutuar

tudo pode
asas de anjo
tudo quer

levantar e gritar para o mundo:

"- não há limites, não há limites!"

é só vida: tudo.

vai. segue. dança.

cabeça pra trás

pés em sonho
como a menina de um dia, começar de novo e ser flor.
não és mais mulher, és mágica.

vai, não perde tempo, vai.

SP 06/07/01
Jean Boëchat


| anterior | Índice | próxima |


©Mariana Newlands e Jean Boëchat [ Todos os direitos reservados ]