o passeio   
      

andava assim, meio de lado
até te encontrar
suntuosa

espírito ferido, incrédulo
passei a sentir

lentamente: sua pele, durante um mês

andava assim, meio viés
até te encontrar
suntuosa

coração desfocado
passei a enxergar

lentamente: seus olhos, todo dia

andava assim, meio vivo
até te encontrar
dadivosa

fome de gente
mínguo de carinho
passei a provar

lentamente: seu corpo, toda hora

andava assim, meio torto
até te encontrar
dadivosa

andava assim, meio inteiro
até te encontrar
feliz

flashes de história
um dia: vontade de fugir, você me convidou, lembra?

lentamente: suas mãos, cada minuto

ah, look at all the lonely people

andava assim, meio cinza
até te encontrar
rosa

cada compasso de espera
para ver a menina

lentamente: em sua vida minha, em minha vida sua

SP 04/10/01
Jean Boëchat


| anterior | Índice | próxima |


©Mariana Newlands e Jean Boëchat [ Todos os direitos reservados ]