viver facinho   
      

estou
tão acostumado

vida assim,
de hiperestesias inúteis

fermento o que não deve
abrevio o que torna forte

eu já sabia, sempre soube
é sempre assim

não tem problema

fiz uma escolha
agora é só seguir

rá rá rá

como se viver fosse fácil!

rá rá rá

como se viver fosse bolinho!

SP 28/09 e 04/10/01
Jean Boëchat


| anterior | Índice | próxima |


©Mariana Newlands e Jean Boëchat [ Todos os direitos reservados ]