o jeito certo   
      

eu nunca mencionei aqui
o tempo
a luz
o jeito certo

eu nunca mencionei aqui
o vento
a coisa
o jeito certo

saber calar
é isso.

saber fechar os olhos no temporal
e abrir o corpo.

eu sei que o tempo muda
sim, eu sei

eu sei que o vento muda
sim, eu acho que sei

sei que o teu jeito flor pode assim, simplesmente cair

mas tenho as mãos em concha, a te esperar:
em cada queda, cada vento, cada tempo

saber amar
é isso?

SP 04/10/01
Jean Boëchat


| anterior | Índice | próxima |


©Mariana Newlands e Jean Boëchat [ Todos os direitos reservados ]